terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ah, se... (suspiro)


Ah se cada suspiro meu por ti
fosse um sorriso teu para mim...

Se os meus devaneios e sonhos
virassem realidade nos teus atos...

Se em vez de estar aqui sozinha
tua presença me fizesse companhia...


Se ao menos estivesse junto a mim...


Mas quem seria?
Aonde estaria?

Minha única certeza
é não saber o nome
daquele que me faria assim
tão feliz...

Um comentário:

Lancelote du Lac disse...

Essa eterna espera corrói o peito de dúvida e ansiedade...
Pior ainda é acreditar na pessoa errada... Quando os momentos não vividos quase certamente imaginados afloram à mente e entorpecem de emoções os sentidos!