terça-feira, 6 de abril de 2010

Determinação 2

,no meio de toda aquela chuva, de todo aquele caos, ruas alagadas, pessoas morrendo, carros submersos, a cidade em estado de calamidade, as autoridades aconselhando as pessoas a não sair de casa, toda aquela loucura...

... ele finalmente chega, num bote a remo, em frente à casa, bate na porta, sorrindo, ela abre, olha, espantada, feliz, chocada, sem palavras, sem reação e ele fala: Eu não disse que atravessaria rios e lagos por você?

Ela bate a porta e deixa ele lá fora, na chuva.

2 comentários:

docedeclinio disse...

Falei que não ia comentar mais aqui porque você não gosta de alguns dos meus comentários, mas:

ha! esse é muito melhor que o anterior.

Liz disse...

ha! esse é muito melhor que o anterior. (2)
To brincando, pura maldade
mas tenho certeza que algo a fez mudar de idéia (ou não);*